FAMÍLIA ACOLHEDORA: JESUÍTAS FAZ O RELANÇAMENTO DO PROGRAMA COM APRESENTAÇÕES E PALESTRA


Na tarde desta segunda-feira, 16, foi realizada no Centro de Convivência Moacir Micheletto, em Jesuítas, uma reunião com palestra para o relançamento do Programa Família Acolhedora, no município. O evento contou com a presença do vice-prefeito Edicarlos Grizotto, das assistentes sociais Adriano Campos e Iliane Melo, do coordenador do CRAS-Jesuítas, Arlei Costa, da presidente do Conselho Municipal dos Diretos da Criança e do Adolescente, Iodete Picolo, dos conselheiros tutelares de Jesuítas e demais membros da REDE de Proteção à Infância e à adolescência, além da palestrante Karen Gleyce Fracaro, Assistente Social em Cascavel e especialista em saúde mental com foco em crianças e adolescentes. No evento, crianças e adolescentes, apresentaram uma atividade dinâmica teatral a respeito do tema.

O que é o Programa
O Programa Família Acolhedora consiste em cadastrar e capacitar famílias da comunidade para receberem em suas casas, por um período determinado, crianças, adolescentes ou grupos de irmãos em situação de risco pessoal e social, dando-lhes acolhida, amparo, aceitação, amor e a possibilidade de convivência familiar e comunitária. A família de acolhimento representa a possibilidade de continuidade da convivência familiar em ambiente sadio para a criança ou adolescente. Receber uma pessoa em acolhimento provisório não significa integrá-lo como filho. A família de apoio assume o papel de parceira no atendimento e na preparação para o retorno à família biológica ou substituta.

Toda a família acolhedora recebe, por seis meses, período determinado de uma adoção provisória, uma ajuda de custo de um salário mínimo. A maioria das crianças e adolescentes que participam do programa retornam aos seus lares, após o período de acolhimento em lares substitutos. Cada família acolhedora deverá acolher uma criança/adolescente por vez, exceto quando se tratar de grupo de irmãos, quando esse número poderá ser ampliado. Casais, mulheres e homens solteiros podem ser acolhedores. As famílias acolhedoras são selecionadas, capacitadas e acompanhadas pela equipe técnica do Serviço de Acolhimento.

Mais informações podem ser obtida na Secretaria Municipal de Assistência Social ou no CRAS, ou pelo fone: (44) 3535-1192 – e-mail: sasjesuitas@outlook.com

Fonte: website da Prefeitura Municipal de Jesuítas